dezembro 24, 2005

A ComUrb do BAAL tem os dias contados. Deo Gratias!

(Publicado também na Planície Heróica)
A propósito do despedimento do director do D.A. e da sua substituição por um camarada do Ó Pacheco, Pulido Valente, presidente da Câmara Municipal de Mértola saiu-se, no final do seu artigo de opinião no referido D.A. com esta: "tenho muitas dúvidas quanto ao futuro da Ambaal". Esta ideia de acabar com a AMBAAL, apareceu mais forte e mais clara no Expresso saído ontem.
A estonteante questão que fica no ar é a seguinte:
"Esta rapaziada propunha-se fazer uma 'ComUrb a martelo' sem imaginar que o PCP a pudesse dominar?"
Estava uma ComUrb bem imaginada...
De bom, em toda esta situação, só a sensação de que 'a traição do Funchal' começa irremediavelmente a ter os dias contados, não por opção estratégica de fundo, mas porque alguém descobriu que um monstro destes podia fugir das mãos ao seu criador.
Até apostamos que, de ora em diante, nenhum socialista -a começar pelo Pulido Valente- se lembrará de manter um disparate destes na sua agenda.
E o Alentejo teve sorte... E teve sorte porque este foi um dos raros disparates imaginados pela nossa inefável classe política que, Deo gratias! não fez o seu caminho.
Voltando ao já citado artigo do Expresso cabe ainda dizer que as cabeçadas na parede sempre fizeram bem a muita gente...
Vem ao caso a afirmação do António José Brito, que dirigiu um jornal de propriedade privada, e que optou, nestas circunstâncias manhosas -a direcção de um jornal financiado por dinheiros públicos- por deixar o Campo e aderir ao D.A., e que vem agora dizer que seria melhor privatizar o D.A.

Já a seguir, e porque está alojado numa página temporária, o artiguinho do Pulido Valente.

"Porquê e para quê?
O PCP quer avançar unilateralmente com algumas decisões (...) designadamente “tomar de assalto” o “Diário do Alentejo” para o transformar novamente no “Avantinho Alentejano”.


A AMDB, agora Ambaal, foi desde a sua criação até Janeiro de 2002 "dominada" exclusivamente pelo PCP/CDU, força partidária que nunca se dispôs, enquanto deteve a maioria absoluta das câmaras da região, a partilhar minimamente "o poder" com qualquer dos outros partidos representados nas autarquias associadas.
Durante todos esses anos o PCP/CDU fez o que quis na AMDB, desde a nomeação dos administradores delegados aos assessores do conselho directivo (normalmente ex-autarcas da CDU derrotados ou reformados) passando pelos directores do "Diário do Alentejo" e da Gráfica, para já não falar nas orientações políticas que imprimiu ao funcionamento da mesma e do referido jornal e, já na última fase, à entrada "à pressão" de uma nova associada, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal.
Fruto dos resultados eleitorais de 2001 a situação alterou-se substancialmente dado que o PCP/CDU perdeu a maioria absoluta e ficando empatado com o PS em número de câmaras deixou de ter o domínio exclusivo e absoluto da AMDB.
Em consequência desse facto iniciou-se em 2002 uma nova era na agora Ambaal, durante a qual foi possível despartidarizá-la, torná-la pluralista e aprofundar significativamente a democracia interna.
Funcionar nestes novos moldes nem sempre foi fácil e as decisões sobre questões estruturantes para a região demoraram o seu tempo a serem tomadas porque requereram discussões prolongadas e por vezes acaloradas. No entanto, porque a maioria dos associados soube colocar os interesses da região à frente das estratégias partidárias, a vida da Ambaal não só não sofreu quaisquer prejuízos como se tornou mais rica e conheceu uma intensificação significativa através do lançamento de novos projectos, alguns de dimensão e importância relevantes.
De salientar que neste período (desde Setembro de 2002) também o"Diário do Alentejo", propriedade dos municípios que compõem a Ambaal, então um jornal em declínio e falência, fortemente instrumentalizado pelo PCP/CDU, fechado à sociedade e à pluralidade de opiniões se transformou, com a entrada do novo director e a aprovação consensual do Estatuto Editorial, num verdadeiro órgão de comunicação social regional democrático, moderno, aberto, plural e economicamente mais equilibrado. O sistema de composição dos órgãos da Ambaal que vigorou no último mandato, – recorde-se após domínio total da CDU desde o nascimento da AMDB até 2002 –, foi o da rotatividade, sem dominância de qualquer força partidária e com representação de todas.
Funcionou bem, constituiu, para todos, um excelente exercício de aprofundamento da democracia e foi decisivo para se introduzirem as melhorias acima referidas. Se se comprovou ao longo deste último mandato que de facto o sistema que vigorou nesse período é o mais democrático, participativo e plural servindo melhor os interesses da Ambaal e da Região, porquê e para quê, então, voltar atrás?
Por que razão e com que objectivos o PCP/CDU acabou com o sentido e lógica democráticas da representatividade e rotatividade de todas as tendências político-partidárias no conselho directivo e introduziu (através da "compra" da abstenção do Grupo de Independentes) o poder absoluto de apenas uma, a qual nem sequer detém agora uma maioria absoluta das câmaras associadas? Em minha opinião, e vamos esperar para ver se me engano, o PCP quer avançar unilateralmente com algumas decisões que, à partida, já sabe que não vão ter o acordo das restantes forças políticas representadas nas câmaras associadas, designadamente "tomar de assalto" o "Diário do Alentejo" para o transformar novamente no "Avantinho Alentejano".
Se assim for tenho muitas dúvidas quanto ao futuro da Ambaal, sobretudo num momento em que esta Associação atravessa graves dificuldades financeiras e necessita de ver cada mais reforçada a sua união interna e a sua capacidade de mobilização dos outros actores regionais para fazer frente, com sucesso, aos desafios que se lhe colocam face à derradeira oportunidade que o Alentejo tem para vencer o futuro.
Para bem de todos nós espero, sinceramente, estar redondamente enganado!"


Jorge Pulido Valente

5 Comentários:

às 8:24 da tarde, Blogger O Restaurador escreveu...

Nova iniciativa d' O Restaurador!

Blogue de emprego, o Emprego no Alentejo!

Visitem em http://empregoalentejo.blogspot.com/

Por favor divulgue!!!

Saudações!

 
às 10:07 da tarde, Blogger Frederico Nunes de Carvalho escreveu...

Foi adicionado ao blogue eborense FrescosCampos.
Votos de bom trabalho e de um excelente Ano Novo de 2006.

 
às 1:56 da manhã, Anonymous Anónimo escreveu...




































 
às 1:44 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Buy Viagra, Levitra Pills, Buy Cialis Pills,
Order Generic Viagra Online

 
às 5:32 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

For travellers:
Business travel agency, family cruises, international air travel, india travel tourism

 

Enviar um comentário

<< Home